Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Comitê Central COVID-19 > Ifac doa mais de 1,6 mil unidades de sabão biodegradável em Sena Madureira
Início do conteúdo da página
covid-19

Ifac doa mais de 1,6 mil unidades de sabão biodegradável em Sena Madureira

Material, que foi produzido por servidores e estudante do campus Sena Madureira, foi entregue à Secretaria Municipal de Saúde, que fará a redistribuição para comunidade

  • Publicado: Sábado, 02 de Mai de 2020, 09h49
  • Última atualização em Quarta, 13 de Mai de 2020, 08h20
imagem sem descrição.

Servidores e estudantes do Instituto Federal do Acre (Ifac) continuam trabalhando em projetos e ações para prevenção e combate ao novo coronavírus (Covid-19). Nesta quarta-feira (29.04), o campus Sena Madureira realizou a entrega de mais de 1,6 mil unidades de sabão biodegradável para a Secretaria de Saúde do município. O produto, que foi confeccionado em barra e em pó, será redistribuído para a comunidade local.

Conforme explica o coordenador do projeto de extensão, professor Marcelo Ramon da Silva Nunes, a confecção do sabão foi possível graças a doações de recursos financeiros, que subsidiaram a compra de produtos químicos e equipamentos, como também de óleos reutilizáveis e embalagens.

 

“O projeto, inicialmente, foi ideia da diretora geral do campus Sena Madureira, Italva Miranda, que entrou em contato comigo para saber que possibilidade teríamos de executar a ação, visto que precisaríamos de insumos para a produção do sabão. A partir daí, recebemos doações de recursos financeiros de servidores da nossa instituição e com o valor arrecadado conseguimos realizar a compra de soda cáustica, amaciantes e dois tanquinhos de lavar roupa já usados. Foram esses equipamentos que nos auxiliaram durante a produção do sabão. Recebemos também diversos litros de óleo de fritura, que foram doados por bares e restaurantes de Rio Branco e Sena Madureira. Com o material em mãos, demos início à produção e em uma semana já tínhamos finalizado a produção”, ressaltou o docente.

Ainda de acordo com Marcelo Ramon, além do projeto ajudar as comunidades de Sena Madureira na prevenção contra o novo coronavírus, também auxiliou na prevenção ambiental, visto que o óleo de fritura utilizado durante a produção do sabão, em algum momento precisaria ser descartado pelos estabelecimentos e, possivelmente, atingiria o meio ambiente. “Ao pegar esse óleo e o transformar em sabão biodegradável, conseguimos fazer com que os prejuízos sejam infinitamente menores se comparados ao óleo em contato direto com o meio ambiente”.

Com sabão produzido e embalado, os representantes do projeto entraram em contato com a Secretaria de Saúde de Sena Madureira para efetivar a doação. O material foi entregue para o secretário e vice-prefeito Gilberto Lira. “Foi um momento muito gratificante para todos e bastante significativo, visto que com a entrega das mais de 1,6 mil unidades de sabão biodegradável, conseguimos concretizar o projeto e ajudar a comunidade de Sena Madureira nesse momento de pandemia”, afirmou o coordenador da ação extensionista.  

Além de Marcelo Ramon, também integraram o projeto o professor Elton Maciel Pacífico, os técnicos administrativos Tharisson da Cunha Silva, Angela da Silva Mendonça, Marciele Marrane Dalman, Ruan de Souza Carvalho, e o estudante Kauã Galvão de Macedo.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página