Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Reitoria > Programas Especiais > PRONATEC > Aldeia Nukini recebe curso profissionalizante pela primeira vez
Início do conteúdo da página
PRONATEC

Aldeia Nukini recebe curso profissionalizante pela primeira vez

A formação é em Artesanato de Artigos Indígenas e está sendo realizada pelo IFAC, por meio do Pronatec

  • Publicado: Terça, 18 de Abril de 2017, 10h09
  • Última atualização em Terça, 18 de Abril de 2017, 14h56

Pela primeira vez, moradores da aldeia Nukini, localizada no Parque Nacional da Serra do Divisor, também conhecido como Serra do Môa, em Mâncio Lima, estão participando de curso profissionalizante de Artesão de Artigos Indígenas, ofertado pelo Instituto Federal do Acre (IFAC), por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino e Emprego (Pronatec).

Com objetivo de unir o processo de ensino aprendizagem, que está diretamente associado à pesquisa, conhecimento e prática, o professor indígena, Marcos Nukini, realizou aula prática com a turma. Na oportunidade os alunos puderam aprimorar as técnicas ensinadas nas disciplinas de cestaria e arte em madeira. Durante a atividade foram produzidas cestas, vassouras, escultura em madeira e objetos de decoração.

Para coordenadora geral do Pronatec, Pollyana Rufino, as aulas práticas despertam nos alunos curiosidade e, consequentemente, levando-os a se interessarem ainda mais pelo conteúdo ministrado. “A prática sempre chama mais atenção dos alunos. Visto que a estrutura do mesmo pode facilitar a observação do que foi estudado em aulas teóricas”.

O curso do Pronatec, que é realizado pelo IFAC na região do Vale do Juruá, foi demandado pelo Ministério do Meio Ambiente/Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio, Fundação Nacional do Índio – FUNAI e conta com a parceria da Organização dos Professores Indígenas do Acre (OPIAC) e o Núcleo de Estudos Afro-Brasileiro e Indígenas (NEABI) do IFAC no campus em Cruzeiro do Sul.

Fim do conteúdo da página