Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Reitoria > Servidores da Reitoria e campi recebem capacitação sobre Assentamento Funcional Digital
Início do conteúdo da página
Reitoria

Servidores da Reitoria e campi recebem capacitação sobre Assentamento Funcional Digital

Palestra e treinamentos foram realizados pelo representante do Ministério da Economia, Cláudio Braga

  • Publicado: Sexta, 12 de Abril de 2019, 11h15
  • Última atualização em Sexta, 12 de Abril de 2019, 11h22
imagem sem descrição.

Servidores que atuam na Diretoria Sistêmica de Gestão de Pessoas (Disgep), nas Coordenações de Gestão de Pessoas (Cogep) dos campi e arquivistas do Instituto Federal do Acre (Ifac) participaram de capacitação sobre o Assentamento Funcional Digital (AFD), durante os dias 10 e 11 de abril. O encontro, que contou com a realização de palestra e treinamentos, foi ministrado pelo representante do Ministério da Economia, Cláudio Braga.

Em operacionalização, junto ao Governo Federal, desde o segundo semestre de 2015, o AFD é um repositório digital de documentos e que tem o objetivo de se tornar o principal meio de consulta ao histórico funcional do servidor público. O sistema, que prevê a digitalização de todos o passivo documental das instituições, substituirá a tradicional pasta funcional física dos servidores.

Conforme explica a diretora sistêmica de Gestão de Pessoas do Ifac, Dirlei Fachinello, o AFD irá substituir todas as pastas funcionais físicas pelas pastas digitais. Com a atualização, o servidor poderá ter acesso online a sua documentação. Para isso, a capacitação dos servidores foi necessária, visto que serão os membros da Disgp, Cogeps e arquivistas, os responsáveis pela realização deste serviço.

“Para que esse sistema possa entrar em funcionamento no Ifac, é preciso que seja feita a digitalização de todo o nosso passivo. Ou seja, todas as pastas funcionais passarão por um processo de digitalização, que não compreende apenas em escanear os papéis. Existe uma metodologia, assinaturas eletrônicas, além de formas corretas e legais para que este arquivamento seja realizado”, explicou a diretora.

Ainda de acordo com Dirlei Fachinello, o processo de integração do Ifac ao AFD tem sido realizado de forma coordenada, conforme as orientações do Planejamento Estratégico. “Antes de iniciarmos a capacitação, adquirimos os equipamentos de scanner para a Reitoria e os campi. Atualmente, temos todas as unidades equipadas com este material. Outra etapa prévia, foi a nomeação dos técnicos em arquivo e arquivistas, pois são profissionais que irão nos auxiliar diretamente neste processo. E agora, estamos na fase de capacitar todos para iniciarmos o trabalho com o AFD”.

A expectativa é de que seja elaborado um cronograma para que a digitalização aconteça em todas as unidades do Ifac. “Com a política de arquivo já consolidada no Ifac, vamos dar andamento a esta demanda com muito mais facilidade, principalmente, pelo fato dos servidores também estarem capacitados. O objetivo é de que, após a digitalização de todas as pastas funcionais, os servidores que ingressarem na instituição, daqui para frente, já tenham suas pastas de forma digital”, afirmou Dirlei Fachinello.

De acordo com a coordenadora de Capacitação e Qualificação do Ifac, Alessandra Cavalcante, a capacitação teve duração de dois dias. A primeira etapa compreendeu na realização de palestra para apresentação teórica do sistema. Em segundo momento, os servidores puderam ter contato prático com o AFD.

“O objetivo do curso foi fazer com que todos pudessem conhecer o sistema, a forma de digitalização dos documentos e tirar as dúvidas de como funcionará o processo para adesão ao AFD. Com os servidores da Disgp, arquivistas e representantes das Cogeps integrando a capacitação, vamos conseguir levar este conhecimento também aos campi”, explicou Alessandra Cavalcante.

De acordo com a coordenadora, a escolha por realizar o treinamento com o representante do Ministério da Economia, Claudio Braga, se deve a expertise do mesmo em relação ao assunto. “Trouxemos o Claudio Braga para esta ação, pois ele, atualmente, é a pessoa que melhor entende do sistema no Governo Federal. Além de trabalhar diretamente com o AFD, ele também foi um dos desenvolvedores da ferramenta”.

Além do Ifac, a capacitação também contou com a participação de três servidores da Universidade Federal do Acre (Ufac).

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página