Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Reitoria > Ifac cria Comitê de Governança Digital visando alinhar ações de Governo Digital
Início do conteúdo da página
Reitoria

Ifac cria Comitê de Governança Digital visando alinhar ações de Governo Digital

Em sua primeira reunião membros do CGD aprovam o Plano de Transformação Digital, o Plano Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação e o Plano de Dados Abertos

  • Publicado: Quarta, 29 de Julho de 2020, 14h54
  • Última atualização em Quarta, 29 de Julho de 2020, 15h49
imagem sem descrição.

Em reunião realizada nesta segunda-feira (27.07) o Comitê de Governança Digital (CGD) do Instituto Federal do Acre (Ifac), instituído através da Portaria nº 762, de 16 de julho de 2020, aprovou os documentos iniciais para a implementação das ações de governo digital e ao uso de recursos de tecnologia da informação e comunicação.

O Comitê de Governança Digital conta com a participação dos pró-reitores de Planejamento e Desenvolvimento Institucional; de Ensino; de Pesquisa, Inovação e Pós-graduação, além dos diretores sistêmicos de Gestão da Tecnologia da Informação; de Comunicação; e do responsável pela Ouvidoria da instituição.

Acesse aqui a Portaria nº 762 que cria o CGD

Nesta primeira reunião, de acordo com o pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional e presidente do CGD, Ubiracy Dantas, o Comitê aprovou por unanimidade dos membros presentes à reunião realizada via webconferência, o Plano de Transformação Digital, o Plano Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação e o Plano de Dados Abertos.

"Esse Comitê tem competência de aprovar os documentos e discutir a implementação das ações de governo digital e ao uso de recursos de tecnologia da informação e comunicação, no âmbito do Ifac", disse o pró-reitor.

Ele destaca, ainda, que a aprovação desses três planos segue orientação do Governo Federal que, através do  Decreto nº 10.332, de 28 de abril de 2020, instituiu a Estratégia de Governo Digital para o período de 2020 a 2022, no âmbito dos órgãos e das entidades da administração pública federal direta, autárquica e fundacional. 

Segundo a reitora do Ifac, Rosana Cavalcante dos Santos, ao aderir a essa política, o Ifac assume o compromisso de ofertar à sua comunidade interna e externa serviços totalmente digitais de forma remota. "Com a criação do CGD, nossa instituição vai incorporar ao seu planejamento instrumentos de governança e transparência nas contratações e aquisições de Tecnologia da Informação e Comunicação e, ainda, a abertura de dados institucionais de forma sistematizada em plataforma aberta para que a sociedade possa fazer uso em estudos e pesquisas acadêmicas".

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página