Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Reitoria > Conif lança edital para Programa de Incubação Cruzada da Rede Federal
Início do conteúdo da página
Reitoria

Conif lança edital para Programa de Incubação Cruzada da Rede Federal

Iniciativa é inovadora e será desenvolvida com apoio da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec)

  • Publicado: Sexta, 07 de Agosto de 2020, 15h17
  • Última atualização em Sexta, 07 de Agosto de 2020, 15h19

OIncubadoras Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), com o apoio da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), lança, nesta sexta-feira (7/8), o Programa de Incubação cruzada da Rede Federal. A iniciativa é inovadora, e visa cruzar as oportunidades de ações conjuntas e prospecção de novas parcerias entre os ecossistemas da Rede.

A chamada, objeto do Edital nº 02/2020 do Conif, é operacionalizada pelos Instituto Federal Fluminense (IFF), do Amazonas (IFAM), do Espírito Santo (IFES) e Rondônia (IFRO), com o intuito de apoiar o desenvolvimento e a integração de empreendimentos com origem na Rede Federal, gerando sinergia entre os ecossistemas inovadores. O programa funcionará em três fases distintas e sequenciais: a seleção de ambientes de empreendedorismo inovador; a seleção de empreendedores; e a execução, em si, do programa de incubação cruzada.

A inscrição e credenciamento dos ambientes de empreendedorismo inovadores ocorrem de 10 de agosto até 21 de agosto de 2020. O resultado da seleção dos ambientes inovadores será no dia 24 de agosto, enquanto o resultado final (com empreendedores) será no dia 8 de setembro. O início e execução do programa está previsto para 8 de setembro a 30 de outubro deste ano.

Para a seleção serão considerados, no mínimo, dois empreendimentos inovadores por ambiente de empreendedorismo inovador que estejam no estágio de maturidade suficiente para prospecção de parcerias e novos mercados. Serão priorizadas, ainda, as soluções de startups que abordam um ou mais Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.  

Segundo Henrique da Hora, diretor de Fomento ao Empreendedorismo e Inovação do IFF e um dos idealizadores do Programa, a pandemia possui diversas faces danosas e, uma delas, é o colapso da economia. “A Rede Federal pode, deve e vai dar sua parcela de contribuição para a solução. Dentre as diversas ações que já estão em curso na Rede, iniciaremos agora o Programa de Incubação Cruzada, apoiada em duas características fundamentais da Rede Federal: a capilaridade e a colaboração”, destaca.

O diretor explica que o programa consiste em criar conexões entre os ambientes de empreendedorismo inovador, para que as startups e spin offs criados dentro da Rede, possam se conectar e ajudar mutuamente. “Nós ajudaremos esses ambientes, que estão em estados e municípios diferentes, a se conectarem e auxiliarem as economias locais, por meio da nossa capilaridade e cooperação”, finaliza.

Anprotec – Criada em 1987, a Anprotec reúne cerca de 300 associados, entre incubadoras de empresas, parques tecnológicos, aceleradoras, coworkings, instituições de ensino e pesquisa, órgãos públicos e outras entidades ligadas ao empreendedorismo e à inovação. Líder do movimento no Brasil, a Associação atua por meio da promoção de atividades de capacitação, articulação de políticas públicas e geração e disseminação de conhecimentos.

Acesse o Edital nº 02/2020

(Com informações da Assessoria de Comunicação do Conif)

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página