Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Campus Rio Branco > Estudantes e servidores participam de Debate Ambiental
Início do conteúdo da página
Campus Rio Branco

Estudantes e servidores participam de Debate Ambiental

Evento foi realizado, no último dia 03 de setembro, pelo Neabi do campus Rio Branco e Sinasef

  • Publicado: Quarta, 11 de Setembro de 2019, 11h42
  • Última atualização em Quarta, 11 de Setembro de 2019, 11h42
imagem sem descrição.

Estudantes e servidores do Instituto Federal do Acre (Ifac) lotaram auditório para a primeira edição do Debate Ambiental. O evento, que aconteceu no dia 03 de setembro, foi realizado pelo Núcleo de Estudos Afro-Brasileiro e Indígena do Instituto Federal do Acre (Ifac) campus Rio Branco, em conjunto com o Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica no Acre (Sinasefe/Acre).

Com objetivo de ampliar as discussões sobre o meio ambiente e também reforçar a importância das comemorações sobre o Dia da Amazônia, o Debate Ambiental contou com a presença da ativista Ângela Mendes, filha de Chico Mendes, e da professora Patrícia Nakayama.

Coordenadora do Neabi campus Rio Branco, Alcilene Oliveira Alves, destacou que a participação dos estudantes e servidores foi de grande importância, visto que a maioria do público era formado por pessoas que irão atuar na área de educação. “Foi um debate muito produtivo e participativo. As turmas dos cursos de Licenciatura em Ciências e Biológicas e Tecnologia em Processos Escolares, com certeza, aprenderam muito com a discussão”.

Conforme explica Alcilene Alves, a ativista e representante do Comitê Chico Mendes, Ângela Mendes destacou a importância da Reserva Extrativista Chico Mendes e a relevância da ciência, pesquisa e educação no processo de preservação ambiental.

“Durante a palestra, Ângela Mendes abordou também a relação de Chico Mendes com as instituições de ensino e os apoios de unidades de Brasília e Rio Grande do Sul, por exemplo, durante o processo de divulgação do que estava acontecendo na Amazônia em relação à pressão contra os trabalhadores e avanço do agronegócio junto às terras indígenas. Foi importante todos ouvirem esse relato e compreender o processo histórico em relação à Amazônia”, destacou Alcilene Alves.

 

O debate também contou com a participação da professora Patrícia Nakayama, que também é doutora em Ecologia. Durante o encontro, ela destacou os impactos sofridos pelo meio ambiente, principalmente, em relação à caça, queimadas e desmatamento.

“Ela nos apresentou, inclusive, dados sobre o desaparecimento de espécies, além de ressaltar as pesquisas realizadas no exterior e que colocam em evidência as ações que acontecem no Brasil relacionadas ao meio ambiente. Ela também reforçou a importância da realização de pesquisas científicas para evitar as questões do desmatamento e ampliar a preservação”, afirmou a coordenadora do Neabi do campus Rio Branco.

Todo os participantes do Debate Ambiental receberam certificado.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página