Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Campus Rio Branco > Estudantes do Ifac participam do 1º Congresso Brasileiro de Biodiversidade e Biotecnologia da Amazônia
Início do conteúdo da página
Campus Rio Branco

Estudantes do Ifac participam do 1º Congresso Brasileiro de Biodiversidade e Biotecnologia da Amazônia

Evento foi realizado entre os dias 06 e 08 de novembro, na cidade de Manaus

  • Publicado: Segunda, 18 de Novembro de 2019, 15h39
  • Última atualização em Segunda, 18 de Novembro de 2019, 15h44
imagem sem descrição.

Estudantes do Instituto Federal do Acre (Ifac), do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas, participaram do 1º Congresso Brasileiro de Biodiversidade e Biotecnologia da Amazônia. O evento, que reuniu estudantes, docentes e pesquisadores de vários estados brasileiros, aconteceu entre os dias 06 e 08 de novembro, na cidade de Manaus.

Valdemar Matos Paula e Wellington Rodrigues Vidal, que são alunos do 5º período, apresentaram os trabalhos “Insetos aquáticos como ferramentas para avaliação de integridade ambiental em igarapés de pequena ordem, Acre, Brasil” e “Efeitos do uso da terra na comunidade de macroinvertebrados bentônicos em riachos da bacia do rio Iquiri (ACRE, BRASIL)”.

Atualmente, os dois jovens também fazem parte também do grupo de voluntários, do projeto de tese do professor do Ifac, Diego Viana Melo Lima, que estuda “O uso de índices bióticos para biomonitoramento de igarapés de pequena ordem em diferentes tipologias florestais (ACRE – BRASIL)”.

Realizado pela Rede de Biodiversidade e Biotecnologia da Amazônia (BIONORTE), o 1º CBBA teve o objetivo de divulgar resultados finais e parciais de projetos de tese desenvolvidos por alunos do programa de doutorado em Biodiversidade e Biotecnologia. Além de também contribuir para ampliação do conhecimento de estudantes, docentes e pesquisadores das áreas de biodiversidade e biotecnologia.   

Para Wellington Vidal participar do 1º CBBA foi uma experiência única e extremamente gratificante. De acordo com o estudante, durante a apresentação do trabalho foi possível trocar experiências com outros pesquisadores e discentes, como também estabelecer vínculos para enriquecimento do currículo acadêmico. “Sair para outro estado para apresentar um trabalho acadêmico, em sua primeira edição, onde há pessoas das diferentes áreas, lugares e formações, abriu meus olhos para que eu pudesse continuar minha formação acadêmica, sempre em busca de aperfeiçoamento do conhecimento”.

Já o discente Valdemar Paula, a participação no evento permitiu o compartilhamento de conhecimentos, projetação para uma continuar a vida acadêmica e capacitação da atuação como biólogo. “Participar de um congresso fora do Acre, em especial em Manaus, é uma oportunidade única de aprender, observar e também amadurecer. Foi muito gratificante apresentar o Ifac como uma instituição que auxilia o aprendiz a buscar seus objetivos e, principalmente, projetos de pesquisas que fazem menção à biodiversidade do nosso Estado”.

O professor Diego Lima acredita que em eventos como esse os discentes podem conhecer novas redes de pesquisa e interagir com outros pesquisadores e estudantes, permitindo o amadurecimento na formação específica do curso.

“Temos eventos maravilhosos no Ifac, como a Semana Acadêmica de Biologia e o Congresso de Ciência e Tecnologia (CONC&T), que são muito úteis para a iniciação científica dos alunos. Vidal e Valdemar, a exemplo de outros, participaram do CONC&T de 2018, e agora partilham dessa oportunidade de representar nossa instituição em um evento de grandes proporções. Eles encararam o desafio, passaram pelo crivo da avaliação e agora vivenciaram essa oportunidade de aprendizado. Agora é buscar implantar todo aprendizado na formação acadêmica e profissional”, destacou Diego Viana.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página