Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Campus Rio Branco > Campus Rio Branco realiza palestra sobre Legislação e Justiça do Trabalho
Início do conteúdo da página
Campus Rio Branco

Campus Rio Branco realiza palestra sobre Legislação e Justiça do Trabalho

Ação é parte de um projeto que capacita e promove consciência e responsabilidade social

  • Publicado: Quarta, 04 de Dezembro de 2019, 10h22
  • Última atualização em Quarta, 04 de Dezembro de 2019, 10h22

 

O projeto Ação Social Ifac promoveu no dia 28 de novembro, no auditório do campus Rio Branco, a palestra "Legislação e Justiça do Trabalho: reflexão após a reforma de 2017", com o juiz do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região (Acre e Rondônia), Vicente Ângelo Rêgo.

O evento contou com a presença do coordenador do projeto, Andrew Ugalde, que iniciou com um breve discurso enfatizando a importância da ação social, seus objetivos e agradecendo à equipe que esteve empenhada para que o evento fosse realizado. Após, o diretor geral do campus Rio Branco, Wemerson Fittipaldy de Oliveira, reforçou o quão essencial era a realização de projetos desta natureza na instituição, pois desenvolvem empatia, sociabilidade e interesse por questões sociais, promovendo formação integral.

O juiz do trabalho Vicente Rêgo deu início à palestra abordando o surgimento das relações de trabalho, desde os tempos de escravidão, passando pelas grandes revoluções Francesa e Industrial, a criação das primeiras leis regulamentando o trabalho no ano de 1802, os direitos fundamentais e o pós-guerra, com a criação da Organização das Nações Unidas (ONU) e da Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Em um segundo momento, o palestrante adentrou no tema, trazendo-o para o que ocorrera no Brasil, com a criação das primeiras leis trabalhistas, no governo de Getúlio Vargas, surgindo, então, a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), no ano de 1943, e seguindo com os principais pontos da Reforma Trabalhista, como a terceirização, o Contrato Verde e Amarelo e a uberização.

Ao final, o palestrante fez suas considerações finais e iniciou-se uma rodada de perguntas e respostas, em que várias dúvidas a respeito da Reforma foram esclarecidas.

O evento registrou mais de 120 inscritos, entre acadêmicos do Ifac e de outras instituições de ensino superior, funcionários de escritórios de contabilidade e de advocacia, bem como outros servidores públicos interessados na temática.

O participante Leandro Alencar, gerente de produção da Cooperacre, informou que trabalha na gestão de 54 pessoas e "agrega muito conhecer e estar sempre atualizado sobre as questões trabalhistas". Já o docente do Ifac, Benedito Belon, avaliou que "a arrecadação de alimentos contempla uma ação social maravilhosa porque, no país que a gente está vivendo, (...) a fome é uma coisa que a gente não pode ignorar".

Sobre o Projeto

Trata-se de iniciativa de grupo de voluntários e outros colaboradores, em sua maioria acadêmicos do Ifac, que visa promover conscientização e responsabilidade social. Inicialmente, as atividades consistem na promoção de palestras sobre temas relevantes e ministradas por profissionais altamente qualificados, com inscrição mediante a doação de um quilo de alimento não perecível, que posteriormente é destinado a pessoas em condição de vulnerabilidade.

No dia 2 de dezembro, o projeto promoveu a palestra "A Logística no Processo de Otimização" que foi ministrada pelo professor da Universidade Federal do Acre, Rubicleis da Silva.

Texto e fotos: Projeto Ação Social Ifac

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página