Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Campus Xapuri > Aluno do Ifac conquista 1º lugar na fase estadual da XV Olimpíada Brasileira de Biologia
Início do conteúdo da página
Campus Xapuri

Aluno do Ifac conquista 1º lugar na fase estadual da XV Olimpíada Brasileira de Biologia

Werlen Ferreira da Silva obteve a melhor nota entre os estudantes do Acre e também foi o 10º da região Norte com a maior pontuação

  • Publicado: Segunda, 13 de Maio de 2019, 08h45
  • Última atualização em Sexta, 17 de Maio de 2019, 17h58
imagem sem descrição.

O estudante do Instituto Federal do Acre (Ifac), Werlen Ferreira da Silva, conquistou o 1º lugar na fase estadual da XV Olimpíada Brasileira de Biologia (OBB). Na região Norte, ele foi o 10º aluno com a maior pontuação dentre as etapas estaduais na competição. O jovem, que é aluno do campus Xapuri, está no 4º ano do curso técnico integrado em Biotecnologia e somou 54 pontos na prova.

Outros 65 estudantes do 2º, 3º e 4º ano do curso de Biotecnologia do campus Xapuri também participaram da primeira fase da OBB. Desse total, somente quatro alunos foram classificados para a segunda fase. Dentre eles, Werlen Ferreira que conquistou a maior pontuação do Acre. Esta é a segunda vez que alunos do Ifac participam da OBB.

“A Biologia sempre foi uma paixão para mim, pois entender a semântica da natureza da vida é algo simplesmente espetacular. Descobri que existia a OBB através da professora Tatiane Clem. A partir daí meu interesse e desejo de participar vieram de imediato. Com a realização da OBB, pude perceber nitidamente a imensidão que é esta ciência em todos os seus aspectos e ao minúsculo grão de conhecimento que tenho da mesma dentro de um universo inteiro, o que me incentivou a buscar e me interessar mais por esta disciplina tão importante e fascinante”, afirmou Werlen Ferreira.

Conforme explica a professora Tatiane Correa de Faria Clem, o objetivo de integrar os alunos na Olimpíada foi para incentiva-los a buscar conhecimento. “O que nos motiva a participar da OBB é a oportunidade de levar nosso aluno a se desafiar, pois nestas situações ele tende a se superar e superar os outros. Acreditamos que a participação na Olimpíada faz com que o estudante queira cada vez mais buscar conhecimento”.

Antes mesmo da aplicação das provas, os alunos já vinham sendo preparados para a competição. Através do projeto de extensão “Caminhos de Biologia”, os jovens participaram de aulões e simulados entre os dias 11 e 21 de março.

A primeira fase, que constou com a aplicação de uma prova abordando temáticas relacionadas à botânica, ecologia, microbiologia e zoologia, aconteceu no dia 22 de março. Os testes foram corrigidos no dia 28 de março e a segunda fase foi aplicada no dia 27 de abril.

“Levando em consideração que a OBB é elaborada pelo Instituto Butantan, que é importantíssimo no cenário da pesquisa científica nacional e internacional, isso instiga muito mais o nosso aluno à participação. Percebemos que temos evoluído enquanto instituição na participação na Olimpíada, pois, no ano de 2018 tivemos aproximadamente 30 alunos realizando a primeira fase. Na época, nenhum alcançou pontuação para a segunda etapa. Neste ano tivemos a participação de 66 alunos, com quatro estudantes de Xapuri sendo classificados para a segunda etapa, e com um resultado bastante positivo, no que se diz respeito ao nosso aluno Werlen Ferreira”, lembrou Tatiane Clem.

Além da docente Tatiane Clem, servidores do campus Xapuri também integraram o processo de preparação dos estudantes, como também de apoio na aplicação das provas da OBB no Ifac. Sendo eles: Cleilson Rezende da Silva, Tatiane Loureiro da Silva, Thiago Yamada, Richarlly da Costa Silva e Wallisson Luís Henrique Clem.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página