Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Campus Tarauacá > Projeto do Ifac visa incentivar a criação de abelhas em Tarauacá
Início do conteúdo da página
Campus Tarauacá

Projeto do Ifac visa incentivar a criação de abelhas em Tarauacá

Iniciativa intitulada “Apicultura: oportunidade de negócio sustentável” tem apoio da Pró-Reitoria de Extensão

  • Publicado: Terça, 05 de Mai de 2020, 16h32
  • Última atualização em Terça, 05 de Mai de 2020, 19h14

Desde novembro de 2019, o Instituto Federal do Acre (Ifac) campus Tarauacá iniciou a criação racional de abelhas com ferrão (Apis mellifera) e abelhas nativas (Meliponinae). A iniciativa faz parte de dois projetos intitulados “Apicultura: oportunidade de negócio sustentável” que tem apoio da Pró-Reitoria de Extensão (Proex). Os projetos são coordenados pelos professores Camila Faustino e Denis Tomio e contam com a participação dos alunos do Curso Técnico em Floresta, Antônio Maxsuel Maia e Emicélio Junior.

A proposta dos projetos é, inicialmente, incentivar a criação de abelhas com ferrão na região, além de tornar o campus Tarauacá como um ponto de referência para os produtores que possuem interesse na apicultura. Isso porque, atualmente, não há produção expressiva de mel no município e o mel consumido em Tarauacá vem de outros estados ou é extraído da natureza danificando a colmeia in natura.

A equipe do projeto já realizou três capturas de abelhas com ferrão, sendo uma na zona rural de Tarauacá e duas na Zona Urbana, na Escola Estadual de Ensino Médio Djalma da Cunha Batista.

“Durante este período de isolamento social que estamos vivendo, as atividades com seres vivos não podem cessar”, explica a professora Camila Faustino. Dessa forma, as atividades de manejo continuam, como por exemplo, o oferecimento de alimentação artificial as abelhas.

Benefícios das abelhas e do mel

Conforme ensina a professora em um vídeo na página do projeto no Instagram: “Dentre os serviços prestados pelas abelhas temos a polinização, que é uma interação animal-planta uma vez que as abelhas levam o pólen de uma flor para a outra favorecendo a polinização cruzada. Esse processo é muito positivo para as plantas, pois aumenta a variabilidade genética.”

Além disso, outro serviço prestado pelas abelhas é a produção do mel que pode servir como adoçante natural, mas também tem fins terapêuticos. Sua ação antibacteriana, por exemplo, já foi identificada em estudos atuais e o mel é muito indicado por especialistas para amenizar os sintomas da tosse.

Segundo a coordenadora, o mel colhido pelo projeto este ano será doado como mais uma forma de divulgar o trabalho. No entanto, a previsão é que a partir do próximo ano, o mel produzido seja comercializado. Há também a previsão de oferta de cursos básicos sobre a criação de abelhas a partir de 2021.

Para saber mais sobre o projeto, é possível acompanhar as atividades pela página do Instagram, @aprendacomasabelhas. O canal mostra o que vêm sendo realizado, além de dar dicas de manejo, curiosidades e esclarecimento de dúvidas relacionadas à criação de abelhas.

Com informações do projeto – campus Tarauacá

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página