Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Campus Cruzeiro do Sul > Ifac participa do desfile cívico no aniversário de Cruzeiro do Sul
Início do conteúdo da página
Campus Cruzeiro do Sul

Ifac participa do desfile cívico no aniversário de Cruzeiro do Sul

O evento realizado na noite de sábado, 28, no centro da cidade contou com a participação de estudantes e servidores do campus

  • Publicado: Terça, 01 de Outubro de 2019, 16h27
  • Última atualização em Terça, 08 de Outubro de 2019, 12h18

 

No dia 28 de setembro de 2019, o município de Cruzeiro do Sul completou 115 anos desde a sua fundação. Como já é tradição, ocorreu o desfile cívico com a participação do Instituto Federal do Acre (Ifac). O desfile foi realizado na noite de sábado (28.09), no centro da cidade.

Como tema para o desfile deste ano, o campus Cruzeiro do Sul escolheu “O renascimento da Fênix”. O tema faz referência ao fato ocorrido no dia 30 de abril, quando houve um incêndio de grandes proporções em um dos blocos administrativos da unidade. A fênix é uma ave mitológica que, quando morre, entra em autocombustão para, em seguida, ressurgir fortalecida das próprias cinzas. Ela representa o poder da sabedoria, da liberdade, da resistência, da cura e do recomeço.

O desfile do Ifac foi estruturado em blocos, de forma a apresentar a instituição para a sociedade. Estudantes levaram brasão, bandeiras e uma faixa de boas-vindas. O primeiro bloco foi dos Formandos 2019 com alunos das turmas dos Cursos Técnicos Integrados em Meio Ambiente e em Agropecuária.

O segundo bloco foi formado pela Comissão Dourada que é a comissão de frente da Fanfifac, a Fanfarra Diferente do Ifac. A Fanfifac é uma fanfarra que possui, além dos instrumentos de percussão e sopros de metal, o uso de guitarra elétrica e instrumentos de percussão de escolas de samba. Eles apresentaram o repertório animado com clássicos do rock nacional e internacional e MPB.

A sabedoria da fênix foi representada no terceiro bloco, que teve como ponto de partida a frase de Albert Einstein: “A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original”. Esta ala apresentou o conhecimento desde o pensamento mitológico à construção do Pensamento Filosófico e Científico, representando a evolução da ciência, com a figura de grandes pensadores e cientistas.

O quarto bloco teve como tema “Liberdade e Resistência”, abordando a necessidade de respeito e inclusão de todas as pessoas que sofrem com a discriminação na sociedade. Nesta ala foram representados os povos indígenas e afrodescendentes, as pessoas com deficiência, a população LGBTQ+, segmentos religiosos e a proteção contra a violência à crianças e mulheres.

As atividades do Ifac se sustentam em três pilares estruturadores: o Ensino, a Pesquisa e a Extensão. O Ensino foi representado no quinto bloco, por meio da apresentação dos cursos ofertados no campus Cruzeiro do Sul. No sexto bloco, foi representada a pesquisa desenvolvida no Ifac com a apresentação dos grupos de pesquisa atuantes na unidade e da participação de estudantes em olimpíadas do conhecimento. As ações de extensão também foram representadas neste bloco que abordou a oferta de cursos no Centro de Idiomas, o desempenho dos estudantes no esporte e os projetos de música desenvolvidos no campus Cruzeiro do Sul.

Por último, no sétimo bloco foram representadas as conquistas dos estudantes que tiveram aprovação em concursos para professores, em cursos de pós-graduação e no Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem com alunos aprovados em diversos cursos.

Veja mais fotos do desfile clicando aqui

Ifac em Cruzeiro do Sul

A história do Ifac, em Cruzeiro do Sul, se iniciou há nove anos, no segundo semestre de 2010 nas instalações do CEFLORA, ocupando espaço na Avenida Coronel Mâncio Lima, no centro da cidade. No início de 2014, com a entrega da obra do campus, o Ifac se instalou em sede própria, localizada no Ramal da Apadeq, no Bairro Nova Olinda.

Com informações do campus Cruzeiro do Sul – Fotos: Carina Negreiros

Fim do conteúdo da página