Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Campus Cruzeiro do Sul > Projeto do Ifac promove oficinas de educação ambiental em escolas na Serra do Divisor
Início do conteúdo da página
Campus Cruzeiro do Sul

Projeto do Ifac promove oficinas de educação ambiental em escolas na Serra do Divisor

Com Ciência Ecológica” é desenvolvido pelo Grupo de Pesquisa e Extensão em Educação Ambiental e Desenvolvimento Sustentável do campus Cruzeiro do Sul

  • Publicado: Terça, 26 de Novembro de 2019, 16h27
  • Última atualização em Terça, 26 de Novembro de 2019, 17h07

Desde março deste ano, o Instituto Federal do Acre (Ifac) vem realizando o projeto de educação ambiental “Com Ciência Ecológica” junto a escolas situadas na comunidade Pé de Serra, no Parque Nacional da Serra do Divisor. A iniciativa é de membros do Grupo de Pesquisa e Extensão em Educação Ambiental e Desenvolvimento Sustentável (GPEEADS), do campus Cruzeiro do Sul, mas também envolve alunos de cursos técnicos e superiores do Ifac.

“A ideia nasceu dentro do GPEEADS, que na época era liderado pela professora Adrielen, e na tentativa de dar continuidade ao trabalho de Educação Ambiental em Unidades de Conservação que iniciei na Reserva Biológica do Jaru, em Rondônia”, explicou o coordenador do projeto, Wesley de Souza.

Segundo o coordenador, a comunidade, formada por seringueiros, ribeirinhos e indígenas possui uma realidade parecida com a da maioria das que habitam o interior da Amazônia. “Nas situações mais adversas vivem sem água potável, coleta e tratamento de resíduos, atendimento à saúde, dentre vários outros direitos que todo cidadão deveria ter garantido. E mesmo com todo esse cenário, agem como guerreiros na conservação da nossa Amazônia”, comentou.

Diante dessa realidade, o projeto tem o objetivo principal de atuar na gestão da unidade de conservação com a proposição de ações em educação ambiental nas escolas localizadas na área interna e de entorno do Parque, considerado como o local de maior biodiversidade da Amazônia.

Ações do projeto

O projeto foi realizado em duas etapas. A primeira foi a formação dos alunos bolsistas do Ifac na qual se trabalhou na projeção da ação por meio de leituras, rodas de conversa e oficinas para criação de materiais didáticos para educação ambiental e ainda, no estudo do contexto em que essas comunidades vivem.

A segunda etapa começou com um encontro com os professores da comunidade para discutir o projeto piloto, possibilitando a participação destes com sugestões de adaptações de acordo com a necessidade local.

Em seguida, foram realizadas rodas de conversas com alunos do ensino fundamental nas quais eles puderam apontar os principais problemas relacionados aos recursos hídricos, resíduos sólidos, saúde ambiental e conflitos quanto ao uso dos recursos do Parque. As situações-problemas tiveram como produto o histórico local contado pelos alunos, que foi encadernado com materiais das cartoneras.

Com isso, foram realizadas oficinas com os materiais produzidos pelos alunos do Ifac, permitindo à comunidade replicar essas ferramentas em demais locais da área do Parque. Também foram produzidas cartoneras, que são materiais de baixo custo onde os alunos podem realizar a encadernação com materiais reaproveitados, como base o papelão.

Os professores receberam apostilas temáticas encadernadas com papelão e costuradas com linha de crochê. Esse material oportuniza aos professores dar continuidade à discussão das temáticas abordadas nas ações, sendo elas: resíduos sólidos, desmatamento e queimadas, recursos hídricos e fauna e flora. Todas as atividades foram coordenadas pelos servidores Wesley de Souza, Ana Paula Cravo Obeltz e Elverenice Vieira.

O projeto, segundo o coordenador, terá continuidade no início de 2020 com a realização de oficinas de educação ambiental na porção Sul da região do Parque da Serra do Divisor, que abrange os municípios de Porto Walter e Marechal Thaumaturgo.

Com informações e fotos da equipe do projeto “Com Ciência Ecológica”

Fim do conteúdo da página