Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Reitoria > Pesquisa > Professores do Ifac são aprovados em programa de doutorado da Reamec
Início do conteúdo da página
Pesquisa

Professores do Ifac são aprovados em programa de doutorado da Reamec

Quatro docentes das áreas de ciências e matemática ingressarão no programa de pós-graduação da Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática

  • Publicado: Quinta, 10 de Janeiro de 2019, 11h26
  • Última atualização em Quinta, 10 de Janeiro de 2019, 11h28

O Instituto Federal do Acre (Ifac) se consolida, a cada ano, como instituição de excelência no ensino. Um dos motivos é a qualificação contínua no quadro de docentes. Com o início de 2019, quatro professores ingressarão no doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática, da Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática (Reamec), pela Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT). O doutorado, que tem duração de quatro anos, será iniciado no dia 21 de janeiro, na Universidade Estadual do Amazonas (UEA), um dos polos do programa de pós-graduação.

Os docentes e doutorandos Morane de Oliveira e Paulo José Pereira, ambos da área de Matemática, exercem suas atividades no campus Rio Branco. Da área de Química, também ingressam no doutoramento os professores Marcelo Ramon e Uiara Pinho, dos campi Sena Madureira e Xapuri, respectivamente.

Segundo o professor Paulo José, “Neste quinto processo seletivo, foram aprovados a maior quantidade de professores do estado, num total de cinco, sendo que quatro são servidores do Ifac. Quem ganha é a comunidade acadêmica e a instituição que terá novos doutores, ampliando assim, o ensino de Ciências e Matemática no estado, e principalmente dentro do Ifac”, concluiu o docente. Ao todo, foram ofertadas 60 vagas.

Pesquisas

Os professores Morane Almeida e Marcelo Ramon, são da linha de pesquisa Fundamentos e Metodologias para a Educação em Ciências e Matemática.

O professor Morane Almeida pretende pesquisar os jogos de linguagem na construção de uma matemática reflexiva utilizando narrativas dos agentes agroflorestais indígenas. O objetivo é investigar, a partir dessas narrativas, ideias matemáticas que reafirmem as tradições e valores deste grupo social.

Já o Professor Marcelo Ramon, pretende dar continuidade a sua pesquisa de mestrado, sobre o uso de jogos didáticos no ensino da química. Seu projeto intitulado “Jogos Didáticos: Um Recurso Metodológico na Construção do Ensino-Aprendizagem de Química a Luz das Teorias da Aprendizagem”. A pesquisa no mestrado rendeu ao docente, além de produto educacional, algumas publicações em anais de eventos e um capítulo no livro: A Educação no século XXI, da editora Poison.

Os professores Paulo José e Uiara Pinho são da linha de pesquisa de Formação de professores para a Educação em Ciências e Matemática.

A professora Uiara Pinho pretende pesquisar a formação de professores de Química no munícipio de Xapuri. Ela destaca que nos últimos anos a formação de professores, principalmente das áreas de Ciências, tem sido discutida por muitos pesquisadores, portanto, pensar em uma formação docente de qualidade nos diferentes âmbitos da educação tem sido um grande desafio para a melhoria do ensino de Ciências, em particular de Química.

O professor Paulo José pretende desenvolver sua pesquisa sobre a contribuição das feiras de matemática na formação continuada de professores no Acre. “Para mim, é motivo de grande felicidade poder ingressar no programa, aproveitar os conhecimentos que serão adquiridos durante o doutorado, poder colocar em prática na formação de novos professores, especialmente na licenciatura em Matemática no campus Rio Branco. Serão experiências relevantes e marcantes em nossa profissão docente, além de sermos os primeiros doutores da aera de matemática no campus.”

Sobre o programa

O programa de doutorado da Reamec tem como objetivo a formação de pesquisadores na área de Educação em Ciências e Matemática, tendo em vista a carência, na região norte, de docentes pesquisadores com a formação nessas áreas. A proposta é formar, para a região e na região, docentes doutores aptos a construir novos conhecimentos sobre formação de professores e ensino de ciências e matemática a partir de realidades próprias dos contextos regionais. A formação é feita por meio de ação acadêmica colaborativa entre as Instituições de Ensino Superior (IES), para atuarem em suas instituições de origem. A primeira seleção para o programa ocorreu em 2010.

O primeiro servidor do Ifac que ingressou no doutorado da Reamec foi o professor de Física, Fábio Soares, que tem previsão de defesa da tese em 2020.

O programa de doutorado da Reamec tem convênio com o Ifac desde 2010.

registrado em: ,,
Fim do conteúdo da página