Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Reitoria > Pesquisa > Comissão de ética de uso de animais aumenta em 600% demanda por avaliações
Início do conteúdo da página
Pesquisa

Comissão de ética de uso de animais aumenta em 600% demanda por avaliações

Demanda para avaliar procedimentos envolvendo animais cresceu após campanha de conscientização junto aos servidores

  • Publicado: Quarta, 13 de Março de 2019, 09h56
  • Última atualização em Quarta, 13 de Março de 2019, 11h47

 

No final de fevereiro, a Comissão de Ética de Uso de Animais (Ceua) se reuniu para avaliar 16 projetos de pesquisa e extensão, além de protocolos de aulas práticas de docentes do Ifac. A reunião também serviu para a elaboração do planejamento das atividades de 2019, que prevê mais visita às unidades do Instituto. Atuante desde 2016, a Ceua apresentou no último ano um crescimento de 600% na sua principal demanda que é avaliar os procedimentos utilizados pelos professores nas suas atividades envolvendo animais.

“Esse crescimento ocorreu principalmente após uma rodada de ‘diligências’ realizadas pela comissão, que visitou todos os campi do Ifac conscientizando e demonstrando para os potenciais demandantes a importância que é, para o professor/pesquisador ou extensionista que atua com animais vertebrados em geral, trabalhar dentro da legalidade ao se obter as licenças prévias da Ceua”, afirmou o coordenador da Comissão, Jefferson Viana.

Para solicitar avaliação da Ceua, acesse os formulários no anexo da resolução: Resolução nº 49/2016 do Conselho Superior (Consu/Ifac)

O vice-coordenador da Comissão, Luiz Eduardo Barreto, acrescentou que a importância da Ceua deverá crescer ainda mais em 2019: “Com a publicação da nova Regulamentação da Atividade Docente - RAD, deverá haver um incremento da institucionalização dos projetos de ensino, pesquisa e extensão, além da abertura de novos editais de fomento das pró-reitorias”.

A Ceua é composta por profissionais médicos veterinários, biólogos e zootecnistas de todos os campi do Ifac, além da Sociedade Protetora dos Animais Amor a Quatro Patas.  

Seguindo normas do Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (Concea), são avaliadas pela Comissão questões referentes à criação e utilização de animais para pesquisa e ensino, aulas práticas, visitas técnicas e demais atividades que possam causar estresse ou sofrimento animal, no âmbito da instituição.

Novas diligências nos campi estão sendo agendadas para verificação, in loco, quanto a observância das recomendações da Ceua. Para mais informações, é possível entrar em contato com a comissão via e-mail: proinp.ceua@ifac.edu.br.

Com informações da Comissão de Ética de Uso de Animais

registrado em: ,,
Fim do conteúdo da página